Jornalistas da CNN Brasil estão em surto de ‘fininha’ após água contaminada com fezes de pombo

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Cerca de 100 funcionários que trabalham na redação da CNN Brasil, em São Paulo, enfrentam um surto de giardíase, um parasita raro que causa diarreia forte, vômito, cólicas, flatulências e arrotos. A suspeita é que eles beberam água contaminada com as fezes de pombo.

Entre os jornalistas que estão doentes, Tainá Falcão, Roberta Russo, Muriel Porfiro e William Waack. O problema, no entanto, vem acontecendo desde abril, mas se agravou na última semana quando duas âncoras foram substituídas às pressas.

Por conta disso, só agora a emissora resolveu investigar. Internamente, existe a suspeita que todo o prédio onde fica a sede da TV, na Avenida Paulista, está contaminado, segundo informações do site Notícias da TV.

O Recursos Humanos liberou um comunicado interno na quarta-feira (20) com orientações enquanto a situação não se resolve. Nele, a CNN pede para que os funcionários evitem usar a pia da copa enquanto o caso não é resolvido.não for resolvido.

Leia Também