Homem que clonou cartão da Xuxa Meneghel é preso

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Artur Franklin de Sousa Lima foi preso, na quarta-feira (22), em um avião no aeropoerto de Jericoacoara, a pouco mais de 300 km de Fortaleza. Ele já havia clonado o cartão de crédito da apresentadora Maria das Graças Meneghel, a Xuxa, em outubro de 2008.

O homem, de 32 anos, estava acompanhado de Klanna Ivy Cunha Amorim, de 21 anos, ambos alvos de uma operação das polícias do Ceará e São Paulo que investiga fraudes contra instituições financeiras.

A estimativa é que o esquema causou prejuízo de mais de R$ 200 mil. Arthur tinha o hábito de publicar fotos em praias e hotéis de luxo nas redes sociais. Ele foi alvo da Operação da Polícia Federal do Ceará chamada “Valentina”, em 2017, que investigava uma quadrilha que invadia contas bancárias.

A estimativa é que o esquema causou prejuízo de mais de R$ 200 mil. Arthur tinha o hábito de publicar fotos em praias e hotéis de luxo nas redes sociais. Ele foi alvo da Operação da Polícia Federal do Ceará chamada “Valentina”, em 2017, que investigava uma quadrilha que invadia contas bancárias.

Os suspeitos estavam com diversos cartões bancários, documentos falsos e R$ 9 mil em dinheiro, além de uma pistola e um revólver que foram apreendidos pelos policiais.

Artur já foi preso pela Polícia Federal em 2017 por crime cibernético, fraude e formação de quadrilha. Ele e Klanna foram transferidos para a Delegacia de Acaraú, a 62 km do aeroporto, onde também foram autuados pelo uso de documentos falsos.

Leia Também