Funcionário de 70 anos morre em fila de RH após ser demitido

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
O idoso trabalhava na empresa há quase 22 anos e foi demitido com mais outros colaboradores.

Um funcionário da empresa Guarulhos Proguaru morreu na manhã desta sexta-feira (10), enquanto esperava o momento de assinar a sua demissão. Jose Benedito Pinto tinha 70 anos e trabalhava na empresa como agente de portaria. A empresa está fechando e demitindo centenas de colaboradores.

De acordo com informações do local, José aguardava na fila sob um sol forte, ocasião em que passou mal e caiu no chão. Outros colaboradores ainda tentaram socorrer o idoso, mas ele não resistiu e morreu no local.

Ele trabalhava na empresa há quase 22 anos, desde janeiro de 2000. O sindicato informou que irá tomar providências legais sobre o caso. Segundo o sindicato, o prefeito de Guarulhos foi quem ‘mandou’ fechar a empresa. “Esse crime tem um autor. O autor é Gustavo Henric Costa (Guti), prefeito que decidiu fechar a empresa e aterrorizar os empregados. Esse caixão Guti vai carregar para o resto da vida”, disse um representante do sindicato em nota.

Leia Também