Esposa do PM suspeito de matar Marielle Franco é presa por tráfico internacional de armas

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

A esposa do policial militar Ronnie Lessa, apontado como o atirador da vereadora Marielle Franco, identificada como Elaine Lessa, foi presa na manhã deste domingo (18), suspeita de envolvimento em tráfico internacional de armas.

A prisão de Elaine foi efetuada por uma equipe da Polícia Federal. Segundo a polícia, ela e o marido tiveram nova prisão decreta pela Justiça Federal do Rio de Janeiro. Elaine já havia sido presa antes por outro crime e tinha deixado a cadeia na última sexta-feira (16).

Já Ronnie está preso no Presídio Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte. Ele deverá ir a júri popular como executor de Marielle Franco e do motorista dela, Anderson Gomes. O crime ocorreu em março de 2018.

Anda segundo a polícia, as investigações em torno do tráfico internacional de armas iniciou quando a Receita Federal encontrou um 16 quebra-chamas para fuzil AR-15 que tinha como destino uma academia na qual Ronnie e Elaine eram sócios.

Leia Também