‘Eles vão me matar’, diz repórter da Globo após levar 10 facadas em assalto; vídeo

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

O jornalista da TV Globo de Brasília, Gabriel Luiz, de 28 anos, levou cerca de 10 facadas, apontou laudo preliminar da Polícia Civil. A vítima passou por cirurgias durante a madrugada e a manhã desta sexta-feira (15). O crime foi cometido por uma dupla de criminosos na noite dessa quinta-feira (14), perto da casa dele, onde foi roubado.

Um vídeo mostra o momento do crime. Após ser golpeado, Gabriel consegue chegar na guarita do prédio e pedir ajuda do porteiro. “Me ajuda! Eles vão me matar! Eu vou morrer!”, diz o rapaz ao porteiro, que o reconhece e chama o socorro.

A testemunha relatou que o repórter estava consciente após o ataques, mas bastante ensanguentado. Um dos criminosos o segurou enquanto o outro desferiu os golpes. A agressão só parou porque um vizinho viu e gritou.

Gabriel também pediu para que o funcionário ligasse para o pai e passou o número. O repórter foi levado para o Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF) com ferimentos no tórax, nos braços, na mão, nas pernas e no pescoço.

O celular do repórter sumiu e o caso é tratado como tentativa de latrocínio. O caso é investigado pela Polícia Civil e Gabriel ainda continua internado em estado grave, porém estável.

Leia Também