Discussão entre patrão e funcionário vira caso de polícia ao terminar em tiros

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
O patrão foi armado até a casa do trabalhador reclamar de um serviço prestado e após discussão atirou contra a filha do homem.

Uma discussão entre patrão e funcionário terminou de forma trágica e por pouco não registrou uma morte. O fato ocorreu na tarde dessa quinta-feira (13), na Ceilândia (DF) e o empregador chegou a atirar na direção da filha do trabalhador, de 18 anos. Depois do crime ele fugiu do local.

De acordo com a polícia, o trabalhador é serralheiro e tinha prestado serviço para o homem. O patrão não teria gostado do serviço e foi até a casa do funcionário para reclamar. Na ocasião ele começou a discutir e em determinado momento sacou uma ama de fogo.

Após perceber que o homem estava armando, o trabalhador iniciou uma luta corporal com ele. Durante a confusão a arma foi disparada, mas não feriu ninguém. O funcionário então tomou a arma do patrão.

Enfurecido o homem foi embora do local, mas depois retornou com outra arma e desta vez atirou contra a filha do trabalhador, de 18 anos. Por sorte da jovem, o homem errou o alvo e acertou na parede da casa. Após efetuar os tiros ele fugiu novamente do local.

Pai e filha então procuraram ajuda e foram até a delegacia da cidade, onde registraram um Boletim de Ocorrência (BO) por porte ilegal de arma de fogo e tentativa de homicídio. A arma que o trabalhador havia tomado do suspeito foi entregue à polícia.

O homem permanece foragido.

Leia Também