Casal é torturado e agredido em acerto de contas; mulher teve cabelo raspado

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

PARANÁ | Uma mulher, de 29 anos, foi mantida em cárcere privado, torturada e teve a cabeça raspada em Sarandi, no Jardim Verão, no Paraná. Mais cedo, em outro endereço, o marido dela, um homem de 27 anos, foi esfaqueado e socorrido com ferimentos moderados, sem risco de morte. A suspeita é de acerto de contas por drogas, segundo informações da Polícia Civil de Sarandi.

Após ser esfaqueado, o homem foi levado para uma unidade de saúde. No local, em conversa com o investigador, revelou o nome de um dos autores das facadas e disse que sua companheira estaria sendo mantida em cárcere privado.

 “A esposa da vítima esfaqueada foi salva pelos agentes. Ela teve os cabelos raspados, foi torturada, agredida física e psicologicamente. Estava bastante assustada e disse que os criminosos subtraíram R$ 1 mil dela. Disse também que seria morta, não fosse a ação dos agentes”, relatou o delegado responsável pelo caso.

Na residência, as equipes verificaram que funcionava uma boca de fumo. Foram apreendidos quase um quilo de maconha, 160 gramas de crack, R$ 72 em dinheiro, duas balanças de precisão e um caderno de contabilidade.

Leia Também