Caminhoneiro é barrado em casa de show por não usar máscara e atira em seguranças

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

SÃO PAULO | Um caminhoneiro de 46 anos foi preso em flagrante por tentativa de homicídio após atirar contra uma casa de shows após ser retirado à força do local por se recusar a usar uma máscara de proteção. O caso aconteceu na noite de domingo (27), em Araçatuba, cidade a 520 km de São Paulo.

Segundo a ocorrência registrada na Polícia Civil, o suspeito, que não teve o nome divulgado, se envolveu em uma discussão com seguranças do estabelecimento momentos antes dos disparos. Após a briga verbal, causada pelo desrespeito às medidas sanitárias, o caminhoneiro teria ido até o seu veículo e arrancado em alta velocidade, retornando minutos depois armado com uma pistola 380.

Ao ver os seguranças que o retiraram do local o cliente teria começado a atirar contra eles. Dois carros que estavam estacionados na rua foram atingidos pelos disparos. Os profissionais da casa de shows conseguiram se esconder e ninguém ficou ferido.

Leia Também