Bolsonaro pede acesso a celular de advogados de Adélio Bispo

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

O advogado de Bolsonaro, Frederick Wassef entrou com ação judicial nesta terça-feira, solicitando a quebra de sigilo telefônico dos advogados de Adélio Bispo dos Santos, que esfaqueou o presidente da república durante campanha, na cidade em Juiz de Fora, em Minas Gerais, no dia 6 de setembro de 2018.

No documento, ele alega que “Autoridade Policial Federal colheu uma série de documentos e depoimentos que permitem deduzir c circustâncias atípicas a respeito (A) das finanças do Sr.Adélio de Oliveira e (B) do processo de contratação da prestigiada banca de advogados que patrocina a sua defesa”.

Para quem não lembra, Adélio foi absorvido pela justiça por sua ‘condição psiquiátrica’, mas continua preso por ser considerado de alta periculosidade.

Leia Também