Bolsonaro diz que CoronaVac não deu certo e Doria rebate: “Bem vencerá”

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

João Doria (PSDB), governador de São Paulo agradeceu apoio recebido pelo prefeito do Rio, Eduardo Paes, e rebateu críticas feitas pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em relação à eficácia da CoronaVac, vacina contra o coronavírus desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac em parceria com Instituto Butantan.

“Querido amigo, Eduardo Paes, mais uma vez, meus sentimentos pelo seu pai. Parabéns pelo depoimento e obrigado pelas palavras. A racionalidade vencerá a desinformação. O bem vencerá o mal”, afirmou o tucano, nas redes sociais.

Mais cedo, em resposta a um vídeo em que Bolsonaro afirma que a vacina “não deu certo”, Paes escreveu que sua mãe sobreviveu à covid por ter sido imunizada com as duas doses da Coronavac e que o ataque do presidente à vacina se tratava de “desinformação”. O prefeito ainda agradeceu ao Instituto Butantan, que produz a Coronavac, e ao governador de São Paulo, João Dória.

“Tomem qualquer vacina. Vacina boa é a que vai no braço! Diante de desinformação, me sinto obrigado a dar meu depoimento pessoal: minha mãe tomou as duas doses da CoronaVac e passou ilesa pela covid. Meu pai só tinha tomado a primeira de outra vacina. Obrigado, Butantan, e João Doria Jr.”, postou Paes, ao republicar uma crítica ao vídeo em que o presidente da República desqualifica a CoronaVac.

Leia Também