Após eliminação, Gabigol leva copo de cerveja na cara e parte para tomar satisfação de torcedor

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
Depois do ocorrido, o atacante, que não marca gols há oito partidas, pediu para dar entrevista e pedir apoio da torcida.

Após perder por 3 x 0 e ser eliminado da Copa Brasil pelo Athletico-PR, na noite dessa quarta-feira (27), dentro do Maracanã, o time do Flamengo foi hostilizado pela torcida e um dos alvos dos torcedores foi o atacante Gabigol. Ele foi atingido com um copo de cerveja no rosto quando saia de campo.

Após ser atingido, Gabigol voltou para tirar satisfações com o torcedor, mas logo em seguida recuou. Ele não ficou ferido.Ao final do jogo, o atacante que não marca gols há oito jogos, pediu para dar entrevista. E apesar de ter tido uma partida ruim, ele pediu ajuda da torcida, que na noite de ontem vaiou o time.

“Momento complicado, difícil, a gente entende a revolta. Time é campeão, mas tem que saber perder, saber ganhar. A gente quer vencer, mas não fomos felizes. Perdemos de 3 a 0, é decepcionante. Mas o grupo já mostrou que sabe se levantar, precisa ter calma. Tem Brasileiro pela frente, tem a final da Libertadores. A torcida a meu ver tem que apoiar e ajudar. Todo mundo junto podemos seguir com esses títulos – disse, na saída de campo, em entrevista à “TV Globo”.

Segundo o atacante, é hora de ter calma, e não caça às bruxas com a troca de comando. Na partida, a torcida do Flamengo xingou o técnico Renato Gaúcho e gritou pelo nome do português Jorge Jesus.

“Isso é com a diretoria. Tem que jogar, melhorar. Continuar se dedicando. A gente sempre quer mais, já mostramos isso. Não é uma derrota que vai jogar tudo para o alto. Tem que ter calma, não agir com emoção”, ressaltou o jogador.

Leia Também