Adolescentes são detidos por fazer e filmar ‘assalto de mentira’ para o Tik Tok

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Dois adolescentes de 16 e 17 anos foram parar na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) por causa de uma brincadeira de mau gosto feita para o Tik Tok. Eles fizeram um vídeo “ensinando” como se faz para furtar um celular. O caso repercutiu nas redes sociais.

De acordo com a polícia, os dois filmavam situações de assalto e depois contavam às “vítimas” que era uma brincadeira que era filmada e publicada na rede social. Eles fizeram três assaltos de mentira em janeiro desde ano.

Com uma arma de brinquedo, um deles cometia o assalto e o outro filmava e publicava na rede social. Numa dessas situações, de acordo com a delegada Daniella Kades, eles fizeram uma mulher de vítima numa lotérica.

No local havia um policial militar de folga que acabou pegando o adolescente, mas por sorte não o feriu ou disparou tiro. O que filmava, fugiu correndo e depois foi apreendido.

Foi quando ele explicou que não estava assaltando de verdade e que a brincadeira era apenas para a internet.

Na delegacia foi verificado que ambos realmente não tinham antecedentes criminais. Eles mostraram os vídeos no Tik Tok e foram obrigados a apaga-los. A delegada disse ainda que explicou o risco que eles correram com a “brincadeira”, uma vez que poderiam ter sido feridos ou até mesmo mortos.

Como não foi verificado ato infracional análogo a crime, foi feito apenas um despacho ao Judiciário. Testemunhas foram ouvidas e o caso reportado ao Judiciário, mas depois arquivado por não se tratar de crime. Os adolescentes foram entregues aos responsáveis legais.

Leia Também