Maníaco de calcinha é preso ao invadir residência, cheirar, vestir e se masturbar com peça íntima

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
Segundo a vítima, o homem perseguia a vítima há mais de 10 anos. "Fomos obrigados a mudar de casa duas vezes".

Um homem, que não teve a identidade revelada, foi preso na manhã dessa sexta-feira (25) após invadir uma residência em Prainha, no Oeste do estado do Pará, com o objetivo de cheirar e vestir as calcinhas da esposa do dono do imóvel. Ele foi flagrado por câmeras de segurança se masturbando no local.

Apresentado na delegacia de Polícia Civil do município, o ‘cheirador’ teve a ficha exposta pelo dono da casa, afirmando que a perseguição sexual do indivíduo à família dura há mais de 10 anos.

“Nós fomos obrigados a mudar de casa duas, três vezes, por causa desse cidadão, desse maníaco. Entrava em casa e usava as roupas da minha esposa… Eu trabalho, minha esposa trabalha e era costume dele invadir”, o homem.

O proprietário do imóvel ainda disse que, após se masturbar usando as roupas de sua esposa, o homem ainda tinha a “cara de pau” de colocar as calcinhas penduradas numa corda. “A sorte dele que nunca fez no dia que eu estava em casa. A roupa íntima dela, de trabalho, vestindo, cheirando e se masturbando… O cara que faz isso está pedindo para morrer”, destacou.

Na delegacia o homem chegou a indagar o proprietário da casa, perguntando se ele tinha provas da prática que está sendo acusado e foi aí que dono da residência invadida apresentou o vídeo. O indivíduo está preso e está à disposição da Justiça.

Leia Também