Homem é internado após enfiar fio de nylon no ‘bigulim’ durante masturbação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
O homem, de 37 anos, chegou ao hospital dizendo estar com dor abdominal, mas depois contou sobre o episódio com o fio.

Um homem, de 37 anos, precisou ser hospitalizado após enfiar dois metros de fio de nylon dentro do próprio pênis. O caso ocorreu na cidade de Surabaya, na Indonésia. De acordo com o homem, ele introduziu o fio durante a masturbação e tinha como objetivo aumentar seu prazer.

Ao chegar ao hospital o homem relatou estar com dor abdominal. Após exames ele disse que tinha colocado o fio pela primeira vez, embora ter confessado que se masturba diariamente. Ele disse ainda que é virgem e que mora sozinho com a mãe, que sofre com transtornos mentais.

“Pessoas que inserem corpos estranhos para gratificação sexual podem evitar procurar ajuda médica devido ao constrangimento e culpa. Assim, muitas vezes os pacientes demoram para ser admitidos, potencialmente levando a complicações graves, incluindo infecção urinária recorrente e pedras na bexiga”, afirmou a análise clínica.

Para retirada do fio a equipe médica precisou inserir um cateter urinário na uretra para ajudar na passagem do objeto. O equipamento continha uma solução com cloreto de natrium com o objetivo de evitar a secura do canal urinário. No entanto, o fio não conseguiu passar dessa forma.

Com isso, os médicos decidiram realizar uma cistoscopia com anestesia local. Quando o citoscópio está na bexiga é injetado soro fisiológico para expandir o órgão, permitindo a evacuação do objeto com a ajuda de uma pinça.

Após dois dias de internação o homem recebeu alta médica. Ele foi avaliado com transtorno obsessivo-compulsivo, com predomínio de tendências obsessivas.

Leia Também