VÍDEO: Capitão Alberto Neto zomba de mulher que aparece em meio a uma operação policial

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
O deputado federal fez uma postagem na qual se diverte ao ver uma mulher, acuada, em meio a policiais armados com fuzis durante uma operação

Um vídeo mostrando a triste realidade da violência nas favelas e que choca pela atuação das forças de seguranças fortemente armadas em meio a moradores do local virou motivo de diversão para o deputado federal Capitão Alberto Neto (Republicanos), que na tarde do último domingo (7) postou o vídeo em sua conta do Instagram, em tom de deboche.

Na legenda, ele escreveu “Nada mais relaxante do que beber sua cervejinha gelada na porta de casa!” e em seguida usou vários emoticons de gargalhadas, porém, horas depois ele editou a postagem e retirou as ‘carinhas’. O que chamou a atenção foi a falta de empatia do deputado, que em nenhum momento se preocupou com a integridade física e mental da mulher.

O vídeo é chocante. Nele, um grupo de policiais armados com fuzis aparece fazendo uma incursão em uma comunidade. Em uma esquina, uma mulher está sentada segurando uma latinha de cerveja. Em determinado momento, um dos policiais se aproxima da mulher a aponta a arma por cima do ombro dela em direção a uma das vias do local.

Depois, outro policial repete a ação. A mulher, acuada, fica sem ação diante da cena que vivia. O vídeo foi gravado fora de Manaus.

Postagem original – Foto: Reprodução/ Instagram

Se elegeu com operações policiais

O deputado federal bolsonarista usou imagens de operações policiais que participava aqui na cidade de Manaus para “ganhar” a confiança da população. Antes de se lançar candidato, o então policial militar era visto diariamente em operações em áreas vermelhas da cidade, sempre com imagens de vídeo para serem divulgadas na mídia. Ele fazia questão de convocar a imprensa local para falar sobe as prisões que fazia nessas operações.

Em 2020, quando era candidato a Prefeitura de Manaus, ele se envolveu em uma suposta prisão de um homem, que segundo Alberto Neto, teria furtado um aparelho celular de um passageiro de ônibus. O flagrante teria sido feito enquanto o então candidato fazia campanha na avenida Djalma Batista, na zona Centro-Sul de Manaus.

Alberto fez a abordagem ao homem com arma em punho, mesmo sem o homem reagir. Em seguida ele afirmou que o suposto suspeito tinha furtado, apesar de não ter nenhuma materialidade do crime. Toda ação foi filmada pela assessoria do deputado e usada na campanha dele.

Deputado Capitão Alberto Neto, em ação durante campanha eleitoral – Foto: Reprodução

O homem detido por Alberto Neto disse que estava a caminho do trabalho e que na revista só foram encontrados instrumentos de trabalho dele, que era pedreiro. Na ocasião, ele foi levado para uma delegacia da cidade, mas foi liberado por falta de provas.

Veja a postagem feito por ele sobre a incursão em uma favela:

Leia Também