Bandidagem em Manaus joga bola com crânio, anuncia próximas mortes e debocha da sociedade de bem

Facebook
Twitter
WhatsApp

Jogar bola com cabeça de cadáver, filmar a cena e compartilhar nas redes sociais. Matar, passar por cima do cadáver e deixar um recado escrito a mão. Essas e outras barbaridades são vistas pela polícia e pela população de Manaus como ousadias dos bandidos na cidade.

ADVERTISEMENT

Nesta sexta-feira (7), Manaus presenciou as imagens da cabeça do vulgo “Olhão” circulando nas redes sociais. Os bandidos jogaram bola com o crânio do rival morto na Compensa.

Após jogo de futebol com cabeça do rival, traficantes da Compensa debocham: ‘vai atrás’

Depois que cansaram do futebol, jogaram a cabeça no lixo.

Vídeo forte: traficantes matam rival na Compensa e jogam futebol com a cabeça dele no bairro

Neste sábado, no Mutirão, um homem não identificado foi morto a tiros, teve o corpo arrastado e depois foi atropelado. Ainda deu tempo de escrever um bilhete e avisar que haverá mais mortes. “Ney, tu é o próximo”.

Criminosos matam rival em Manaus, atropelam cadáver e deixam recado: ‘Ney, tu é o próximo’

Os bandidos parecem não ter pressa nem de fugir após os crimes.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, apesar da ousadia, o número de mortes vem caindo.

O estado do Amazonas encerrou o mês de maio com uma redução de 14% no número de homicídios, em relação ao mesmo período do ano passado. Os dados divulgados de forma parcial pela Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) apontam, ainda, uma diminuição ainda maior na capital, que registrou queda de 25% nos casos de assassinatos.

O monitoramento realizado pela SSP-AM mostra que a redução alcançada em maio é a maior registrada nos últimos dois anos. A diminuição deste índice segue a tendência dos últimos meses deste ano, que também foram encerrados com reduções.

O secretário de Estado de Segurança Pública, general Carlos Alberto Mansur destacou que essas reduções foram alcançadas em cima de outras reduções registradas no ano anterior, a partir de um esforço coletivo das forças de Segurança e Salvamento.

“Por determinação do governador Wilson Lima, reforçamos o policiamento, realizamos diversas operações e atuamos de forma muito incisiva em locais onde há maior incidência de crimes. Tudo isso foi realizado de forma muito integrada, e as reduções apontam que a integração gera resultados muito positivos”, afirmou o secretário.

Primeiro Trimestre

Durante o primeiro trimestre deste ano, o Amazonas alcançou uma redução de 5% no número de homicídios, comparado ao mesmo período de 2022.

 

Leia Também

plugins premium WordPress
error: Conteúdo protegido contra cópia!