‘Balinha’, assassinado no Crespo, tinha passagem por roubo de carros e foi preso

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Carlos Henrique Ferreira dos Santos, de 32 anos, o “Balinha”, que foi executado a tiros nesta sexta-feira (18) tinha envolvimento com roubo de carros e foi preso em 2019. Ele foi morto na rua Neves, bairro Crespo, Zona Sul de Manaus, e o comparsa ficou ferido.

A suspeita é que o assassinato tenha relação com a vida criminosa do homem. Em 11 de dezembro de 2019, Balinha foi preso com um carro roubado e duas armas de fogo, além de uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) falsificada.

Ele foi preso no bairro São Jorge, Zona Oeste, na ocasião, também com um comparsa. Na época, também já era investigado pelo roubo de dois veículos, sendo um UP vermelho e um Mitsubishi modelo L200.

De acordo com o delegado Cícero Túlio, titular da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (DERFV), Cícero Túlio, após o roubo Carlos passava os carros para as pessoas especializadas em clonagem. Após isso, os mesmos eram repassados para traficantes.

Leia Também