Atropelamento na parada: Motorista de 22 anos tem a prisão preventiva pedida pela DEAT

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) informou que o suspeito de atropelar e matar Andréia Trindade, de 46 anos, esteve na Delegacia Especializada em Acidentes de Trânsito (DEAT) no final da tarde desta terça-feira (27). Ele foi identificado como Leonardo Oliveira Santos, de 22 anos.

Como o prazo de flagrante já havia sido encerrado, ele foi apenas ouvido. No entanto, foi indiciado por homicídio simples e lesão corporal e vai responder em liberdade.

Ainda de acordo com a PC-AM, a especializada solicitou a prisão preventiva de Leonardo e o caso, agora, passa para o judiciário onde é aguardada a decisão.

A polícia não repassou detalhes sobre o depoimento do jovem de 22 anos. Não foi informado se ele consumiu bebidas alcoólicas ou dormiu ao volante.

O acidente que tirou a vida da vítima ocorreu por volta das 6h, no sentido Ponta Negra/São Jorge, Santo Agostinho. De acordo com testemunhas, a vítima foi arremessada contra um poste após ser atingida pelo veículo e morreu esmagada.

Leonardo, que é filho de um dos sócios de uma locadora no Alvorada, Zona Centro-Oeste, fugiu sem prestar socorro.

Leia Também