Amigos e familiares de mulher morta atropelada pretendem fazer manifestação em Manaus

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Amigos e familiares de Andréa Trindade, de 46 anos, que morreu esmagada por um carro em uma parada de ônibus na avenida Coronel Teixeira, prometem fazer uma manifestação na frente da loja do suspeito de ter cometido o crime, ainda nesta terça-feira (27), durante o cortejo fúnebre da vítima.

“Vamos parar na frente da loja dele e vamos fazer a manifestação, todos nós, moradores do Nova Esperança e do Alvorada”, informou Mário Ferreira, de 46 anos, líder do bairro Nova Esperança, onde a vítima morava.

O corpo seguirá para o cemitério às 15h e no caminho,  os moradores pretendem fazer uma parada no bairro onde o suposto culpado tem uma loja.

Leia Também