Amazonino dá sinais de cansaço e pede para sentar durante lançamento da candidatura ao governo do AM

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Agora oficialmente candidato a governador do Amazonas, Amazonino Mendes (Cidadania), de 82 anos, chamou a atenção de apoiadores neste sábado (30), a discursar para eleitores na quadra da Escola de Samba Sem Compromisso. Não pelo conteúdo do que disse, mas pela fragilidade que o obrigou a sentar.

Amazonino pediu uma cadeira, sentou-se com dificuldade e mostrou que estava ofegante. Apoiadores o aplaudiram e pediram água ao notarem as dificuldades do cacique. “Sou velho, mas não sou velhaco”, disse ao lado do ex-deputado Humberto Michiles, confirmado como seu vice.

Amazonino tem enfrentado diversos problemas de saúde nos últimos anos, onde tem morado em São Paulo para cuidar melhor do seu quadro físico. Nos bastidores da campanha fala-se em uma divisão sobre os que são a favor e os que são contra sua candidatura.

Recentemente o ex-governador pegou Covid e teve de se isolar em casa. Depois de se sentar e falar, Amazonino foi embora sem interagir com o público como os demais candidatos.

Leia Também