Prefeito de Rio Preto da Eva deve dois anos de pensão ao filho e ainda ‘paga de bom pai’ nas redes sociais

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
Anderson Souza é conhecido como 'prefeito ostentação', mas se nega a pagar a pensão alimentícia do filho menor.

O prefeito de Rio Preto da Eva, Anderson Souza, foi condenado na Justiça a pagar pensão alimentícia ao filho dele, que está atrasada há dois anos. Apesar da inadimplência, o prefeito vive postando fotos em festas e eventos patrocinados por ele e ainda paga de ‘bom pai’ nas redes sociais.

A determinação do pagamento da pensão alimentícia foi feita pelo juiz da 7ª Vara de Família, Marcos Maciel. No documento consta que Anderson Souza tem que pagar o equivalente a 30% sobre o salário dele de prefeito ao filho, o menos M.B.S., com o risco de ser preso, caso não cumpra o que a Justiça manda.

Mas o que mais chama a atenção neste caso da pensão alimentícia é que nas redes sociais, o prefeito de Rio Preto da Eva ostenta uma vida cheia de regalias e ainda faz postagens usando a imagem do filho junto com ele, como se cumprisse com o dever de pai. Enquanto isso, a criança segue sem o direito da pensão alimentícia que ele, Anderson Souza, deveria está pagando em dias, visto que ela fala em suas publicações que o filho merece ‘tudo de bom, muita saúde, alegria e paz’,

Dois anos sem pagar pensão

O prefeito de rio Preto da Eva está inadimplente com os pagamentos da pensão do filho desde 2019, quando a Prefeitura foi intimada da decisão, para descontar em folha e repassar para o menor. No entanto, segundo a mãe do menor, Taynara Jacques Brandâo, o órgão não cumpre a decisão judicial e Anderson só deposita o valor inferior ao devido.

Apesar de tentar ‘burlar’ a Lei, o “prefeito ostentação”, como é conhecido em todo o Amazonas, não para de ostentar viagens internacionais a lugares paradisíacos e festas luxuosas. E ao que tudo indica, o dinheiro usado para tudo isso pode ter uma fonte fora dos parâmetros, já que uma das primeiras ações dele com relação à pandemia do novo coronavírus foi reduzir em 20% os salários dos servidores públicos do município.

Anderson Souza, é atualmente casado com Soraya Almeida de Souza, sócia do recém fechado Café Vista Rio e UnBa Sushi Bar, na Ponta Negra, em Manaus, em uma caso de posse ilegal de terreno.

Leia Também