MP investiga deputado Fausto Júnior por empregar funcionária fantasma

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

O deputado Fausto Júnior é investigado por suspeita de empregar funcionária fantasma em seu gabinete desde 2019. O Ministério Público do Amazonas (MP-AM) apura desde 2019 denúncias a esse respeito contra o parlamentar.


O inquérito foi aberto pelo promotor do MP Edgard Maia de Albuquerque Rocha, que recebeu a denúncia de que uma servidora recebe sem trabalhar.
Desde 2019 Fausto Júnior enfrenta a denúncia, considerada improbidade administrativa, que pode resultar até mesmo na perda do mandato.


Na ocasião, o deputado negou. “Quero deixar claro que não tenho funcionários fantasmas. Todas as pessoas que trabalham comigo cumprem suas funções de segunda a sexta-feira, conforme pode ser verificado na folha de ponto da Assembleia Legislativa do AM. Meu trabalho é realizado com transparência, assim como de todos os funcionários e colaboradores do meu gabinete”.

Leia Também