Mais dois casos de varíola dos macacos são investigados no Amazonas

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Mais dois casos suspeitos de Monkeypox, a varíola dos macacos, está sendo investigado no Amazonas, segundo informou a Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM), nesta terça-feira (5).

De acordo com nota da SES-AM, as novas pacientes são mulheres, uma de 26 anos e outra de 31 anos.

Ambas apresentam sintomas semelhantes, como dor no corpo, febre, fotossensibilidade, dor de garganta e pústulas, informa a secretaria.

No total, já são três casos investigados. O primeiro ainda está em investigação. O resultado laboratorial só deve ser concluído na próxima semana.

Os casos foram notificados ao Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs) da FVS-RCP Fundação de Vigilância em Saúde Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP).

Veja a nota na íntegra:

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) informa que foram notificados ao Cievs (Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde) da FVS-RCP (Fundação de Vigilância em Saúde Rosemary Costa Pinto) mais duas suspeitas de monkeypox.

As pacientes são mulheres, de 26 e 31 anos, sem relação uma com a outra e apresentaram sintomas semelhantes, como dor no corpo, febre, fotossensibilidade, dor de garganta e pústulas. Ambas estão bem e isoladas.

A recomendação é que, ao apresentar os sintomas, o paciente procure uma unidade de saúde e mantenha o isolamento. O Amazonas segue em alerta e monitorando a evolução dos pacientes e seus contatos.

Leia Também