Delegado Pablo e deputados criam grupo para monitorar a Seleção na Copa no Catar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Os dribles de Neymar, as escohas de Tite e as chances do Brasil na Copa do Mundo não são preocupação apenas do povo brasileiro. Agora são o foco dos deputados federais, pagos com dinheiro público para cuidar da vida dos brasileiros, e que agora decidiram que também devem monitorar o futebol pentacampeão do mundo. Liderados pelo deputado amazonense Delegado Pablo, o grupo de trabalho está dando o que falar.

Autor do documento, o deputado José Rocha (União-BA) garante que ninguém vai viajar para o Catar. Apenas vão monitorar a CBF. Ainda que a entidade seja particular, parece que os parlamentares estão com tempo livre para o futebol, em plena crise econ6omica e altas taxas de desemprego. “‘É só para acompanhar os trabalhos preparatórios. Dar o suporte ao que for necessário do ponto de vista de legislação, se tiver uma coisa neste sentido. Reunir com a CBF para que seja mostrado o planejamento. Não há previsão para acompanhar a Copa”, afirma José Rocha.

A sessão foi presidida pelo deputado Delegado Pablo. “A imagem da seleção está em baixa e, por causa disso, o futebol brasileiro tem se afastado cada vez mais do público. Precisamos então recuperar esse esporte que, além da função social indiscutível que possui, é considerado paixão nacional.~”, justifica o deputado.

E a imagem do Congresso?

Leia Também