Crianças de comunidades ribeirinhas são convidadas para assistir ópera no Teatro Amazonas

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Crianças de comunidades ribeirinhas vão assistir, pela primeira vez, a uma ópera no Teatro Amazonas. O espetáculo de marionetes “Onheama”, ópera de João Guilherme Ripper, vai ser apresentado neste domingo (29/5), às 11h, para 18 crianças da comunidade Nossa Senhora do Livramento, no rio Tarumã.

A programação faz parte do 24º Festival Amazonas de Ópera (FAO) e o acesso do público é gratuito.

Levar o encanto das marionetes da ópera “Onheama” para o interior do Estado é um dos objetivos do FAO, conforme o secretário da pasta, Marcos Apolo Muniz. Ele destaca que o projeto esteve em quatro municípios e mais de 1.500 quilômetros foram percorridos pelos artistas nesta tour por rios e estradas.

“É uma sementinha de valorização cultural que estamos plantando e dar essa oportunidade a crianças do interior e de comunidades ribeirinhas é gratificante”, afirma o secretário.

Um dos idealizadores do projeto, o conselheiro estadual de cultura da categoria Artes Visuais, Michell Mello, conta que foram selecionados para o passeio crianças e adolescentes envolvidos em projetos de fotografia.

“Trazer crianças de uma área ribeirinha para conhecer o Festival de Ópera é um intercâmbio cultural”, define o conselheiro.

A ópera

Crianças e adolescentes, com idade de 7 a 17 anos, vão conhecer a história do jovem guerreiro indígena Iporangaba, que recebe uma missão de resgatar Guaraci, o sol, engolido pela onça Xivi. A história, inspirada no fenômeno do eclipse solar, é uma ópera adaptada para o teatro de marionetes. Nessa aventura, Iporangaba conta com a ajuda do Boto-Cor-de-Rosa e da Iara, seres encantados da mitologia amazônica.

Festival

O FAO segue até 31 de maio, na capital e interior. A programação conta com atrações gratuitas e, para as obras pagas, os ingressos estão à venda em www.bilheteriadigital.com e na bilheteria do Teatro Amazonas.  

Cinco óperas, recitais, concertos, workshop e encontro de economia criativa estão na agenda do evento. A programação inclui atrações no Teatro Amazonas, Teatro da Instalação, centros culturais Palácio da Justiça e Palácio Rio Negro e também no interior. As estreias das óperas vão ser transmitidas pela TV Encontro das Águas e nas redes sociais da @culturadoam.    

O FAO é realizado pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa e da AADC. O projeto, aprovado na Lei de Incentivo à Cultura, Ministério da Cidadania e Secretaria Especial de Cultura, tem patrocínio master do Bradesco e patrocínio da Innova

Leia Também