Ações em fronteiras e divisas do AM geram prejuízos de mais de R$ 480 milhões ao crime organizado

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
Durante as ações foram apreendidas mais de 20 toneladas de drogas, além de armas, veículos e embarcações.

De janeiro a dezembro de 2021, as operações Fronteira Mais Segura e Divisa Mais Segura, além das ações realizadas na Base Fluvial Arpão e na Base Tiradentes, todas coordenadas pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), causaram mais de R$ 480 milhões de prejuízo ao crime no estado. As atuações tem o objetivo de combater crimes como narcotráfico, pirataria e crimes ambientais no Amazonas. 

No Amazonas, as ações recebem o apoio do Programa Nacional de Segurança nas Fronteiras e Divisas (Vigia), do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), por meio da operação Hórus. Estas ações resultaram na apreensão de mais de 20 toneladas de drogas no estado em 2021, além de R$ 482.397.941,43 de prejuízo ao crime organizado.

Durante esse período, 120 veículos, 112 embarcações, 590 armas de fogo e 6.942 munições foram retiradas das mãos dos criminosos em ações policiais no Amazonas, que contaram com o apoio do programa federal.

Além das apreensões, foram registradas 867 prisões por diversos crimes, entre as mais comuns estão o tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e crime ambiental.

Leia Também