Bebê de 6 meses é internada, depois retirada por avó para ir em benzedeira e ao voltar para hospital, morre

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp
De acordo com o conselho tutelar de Manacapuru, a bebê tinha hematomas por todos corpo e a suspeita é que a avó seja a responsável pelos maus tratos.

Um bebê de apenas seis meses morreu no município de Manacapuru dois dias após dar entrada em no Hospital Lázaro reis. De acordo com a equipe médica que atendeu à criança, ela tinha sinais de maus tratos. No mesmo dia a avó teria tirado o bebê da unidade para levar em uma benzedeira.

Segundo informações daquele município, após levar o neto, a avó teria retornado ao hospital já no outro dia, no domingo (23). A criança, segundo os médicos, estava com a saúde mais agravada. No fim da noite ela não resistiu e morreu.

O conselho tutelar da cidade foi acionado e segundo o conselheiro, Elivon Lira, existe a suspeita de que a avó seja responsável pelos maus tratos, uma vez que ela é a responsável pela criança e pelos dois irmãos dela já que a mãe seria usuária de drogas. “Não foi nem a avó que retornou com a criança para o hospital, foram os vizinhos. Já a unidade hospitalar será investigada, uma vez que o Estatuto da Criança e do Adolescente não permite a retirada do hospital. Quem atendeu retirou o acesso e a avó foi embora, não comunicando o médico, a polícia, nem o Conselho Tutelar. Nem mesmo o serviço social do hospital sabia que a criança estava sendo retirada”, disse o conselheiro.

Ainda de acordo com o conselheiro, o bebê tinha marcas por todo o corpo. O bebê foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). A Polícia Civil investiga o caso.

Leia Também