Agressor de carnavalesco parintinense é preso em São Paulo

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

SÃO PAULO (SP) – Thiago Carlos Dionísio, de 38 anos, diretor da escola de samba da Gaviões da Fiel, foi preso na noite desta quarta-feira (11) pela tentativa de homicídio cometida contra o carnavalesco parintinense Zilkson da Silva Reis, de 42 anos. O crime aconteceu no dia 27 de março, dentro do próprio barracão da escola, no Bom Retiro, São Paulo.

Thiago era considerado foragido desde o 1º de abril, quando teve prisão decretada pela Justiça. Zilkson é do boi Garantido e teve vários ferimentos pelo corpo, principalmente na cabeça, onde teve coágulos. Ele ainda ficou com uma costela quebrada.

O crime teria ocorrido após uma festa no barracão da Gaviões. A defesa de Zilkson diz que ele foi agredido sem motivo aparente, mas a defesa de Thiago sustenta que a vítima estava estuprando uma mulher. Esta seria namorada de Thiago.

Um Boletim de Ocorrência foi registrado no dia 30 de março onde a mulher disse que ao acordar foi surpreendida por um homem de camisa preta e calça jeans fazendo sexo oral nela. Esse homem seria Zilkson, mas ela conseguiu o empurrar e gritou, momento em que Thiago apareceu.

O Ministério Público Estadual agora deve decidir se apresenta ou não a denúncia ou se pede o arquivamento do caso.

Leia Também

error: Conteúdo protegido contra cópia!