Agente da PF acusado de contrabando de ouro atuou no programa ‘Área Restrita’

Facebook
Twitter
WhatsApp

O agente da Polícia Federal (PF) Gianpiero Nieri Rocha, de 48 anos, é um dos policiais que participam da primeira temporada da série Área Restrita, exibida na TV a cabo e em streaming. O programa mostra os bastidores das forças de segurança do Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, na Grande São Paulo. As informações são do Metrópoles.

ADVERTISEMENT

Como revelado pelo Metrópoles, Nieri e Ernesto Kenji Igarashi, 51, são investigados por suposto envolvimento em um esquema de envio ilegal de ouro para o exterior por meio de voos comerciais. Ambos estão afastados da PF e usando tornozeleira eletrônica.

No programa, Nieri aparece como uma das personagens da vida real que atuam para identificar práticas ilegais, incluindo as feitas por meio do despacho de bagagens. As defesas dele e de Kenji não foram localizadas. O espaço segue aberto para manifestações.

Até a operação, Nieri e Ernesto trabalhavam no Aeroporto Internacional de São Paulo, de onde centenas de quilos de ouro foram contrabandeados, como mostram as investigações da PF. Ambos tinham livre acesso às áreas pública e restrita do maior aeroporto do Brasil por serem policiais federais.

Leia Também

plugins premium WordPress
error: Conteúdo protegido contra cópia!