Turista morre ao cair e ser arrastado por correnteza em cachoeira, em Presidente Figueiredo

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on whatsapp
WhatsApp

Um turista paulista, identificado como Daniel Canal Mendes, de 43 anos, morreu nessa quinta-feira (2), ao ser arrastado pela correnteza da Cachoeira do Mutum, localizada no município de Presidente Figueiredo (a 107 quilômetros de Manaus).

Segundo a polícia, o turista estava fazendo fotos no local, quando largou uma corda que estava segurando, se desiquilibrou e caiu nas águas. Devido a forte correnteza, ele foi arrastado pelas águas.

Ainda segundo a polícia, Daniel estava a passeio com uma amiga, que pediu ajuda a uma outra pessoa que estava no local para tentar socorrê-lo, porém, ao conseguir retirá-lo da água, ele já estava sem vida.

O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas ao chegar ao local o corpo de Daniel já havia sido removido pelo Instituto Médico Legal (IML) do município.

Nas redes sociais, Daniel costumava postar imagens de viagens que fazia pelo Brasil. Da estadia em Manaus, ele postou um vídeo em uma casa noturna e em um restaurante, degustando da culinária amazonense.

Amigos dele lamentaram a morte prematura.

Leia Também